EconomiaArtigos

Por que o mais pobre paga a universidade do mais rico?

Por Quê? Economês em bom português

14 de dezembro de 2017

A CONVERSA: A universidade deve ser gratuita para todos? Ou os mais ricos deveriam pagar pelos cursos na universidade pública?

NOSSA OPINIÃO: Várias universidades públicas estão quebrando. Seria justo que os mais ricos ajudassem a sustentá-las.

 

Em abril de 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta semana que universidades públicas podem cobrar taxas e mensalidades nos seus cursos de pós-graduação lato sensu – aqueles com caráter de especialização e que oferecem um certificado em vez de um diploma.[5]

Foi um pequeno, mas bom passo para melhorar nosso país. É um descalabro que um Estado que não consegue garantir água limpa e ligação de esgoto universal ofereça educação gratuita para quem pode pagar por ela.

Um dos direitos mais arraigados na sociedade brasileira é o de os ricos receberem privilégios pagos com os impostos dos pobres – caso da universidade pública gratuita para todas as faixas de renda. Além de enraizado em nossa cultura, o direito do rico cursar o terceiro grau sem pagar é cristalizado até na Constituição.

Além de ser uma prioridade errada, a educação gratuita também gera desperdício de recursos. Por não pagarem, muitos alunos brasileiros de universidades públicas abandonam seus cursos ou levam mais anos que o necessário para se formar.

Grande parte das universidades públicas brasileiras está falida. Mais para frente, a própria crise financeira das universidades deve trazer ao debate a cobrança de mensalidades dos alunos da graduação, por meio de uma emenda constitucional.

Cobrar mensalidade de quem pode pagar nas universidades públicas, para bancar a educação de quem tem pouca renda, seria uma excelente medida pró-pobre e melhoraria a distribuição de riqueza no Brasil.

SUA OPINIÃO:

Este conteúdo contribui para elevar a qualidade do debate no Brasil?

SIM NÃO

Cansado da falta de diálogo que
contamina a política no Brasil?

+ MAIS ARTIGOS
Play
Raio EconomiaVídeos Sem sonegação, a Previdência estaria quebrada?

A CONVERSA: É só cobrar os devedores do INSS? Ou mudanças são inevitáveis nas aposentadorias?

Por Quê? Economês em bom português

Play
InfraestruturaVídeos CIDADE CIDADÃO | SANEAMENTO

A CONVERSA: Você sabia que...

Por Quê? Economês em bom português

Play
EconomiaVídeos Altos salários no setor público | Porque sim não é resposta! #16

A CONVERSA: O Brasil tem...

Gustavo Santos Ferreira | Por Quê?

Play
EconomiaVídeos Reforma da Previdência: do economês para o bom português

A CONVERSA: Pagaremos mais impostos...

Por Quê? Economês em bom português

Play
EconomiaVídeos A reforma trabalhista ferra o pobre? | Porque sim não é resposta! #17

A CONVERSA: Mudanças na CLT...

Gustavo Santos Ferreira | Por Quê?

Play
Raio InfraestruturaVídeos Por que metrô mais ônibus é igual menos trânsito?

A CONVERSA: Altura de edifícios deve ser limitada? Ou verticalização melhoraria a qualidade de vida?

Por Quê? Economês em bom português

Play
Raio Meio ambienteVídeos Quem são os ‘vilões’ do desmatamento da Amazônia?

A CONVERSA: Maior risco para a floresta são os líderes do agronegócio? Ou pequenos produtores?

Por Quê? Economês em bom português

Play
EconomiaVídeos Legalização da maconha | Porque sim não é resposta! #09

A CONVERSA: Para diminuir crimes...

Gustavo Santos Ferreira | Por Quê?

Play
EconomiaVídeos Desmatamento e Tragédia dos Comuns | Porque sim não é resposta! #13

A CONVERSA: Quando os recursos...

Gustavo Santos Ferreira | Por Quê?